O programa de capacitação online AceleraDev Loadsmart Women Edition, promovido em parceria com a Code:Nation, está com inscrições até 17 de fevereiro. A aceleração é gratuita para as participantes e tem como objetivo incluir mais mulheres no setor de tecnologia por meio da educação. As profissionais que apresentarem melhor desempenho serão recrutadas pelaLoadsmart, empresa nova-iorquina que desenvolve soluções logísticas com escritórios em Chicago, El Salvador, Filipinas e Florianópolis.

Após o período de inscrições, as candidatas passarão por uma etapa de entrevistas, na qual serão selecionadas as participantes da aceleração online, que durará 5 semanas. Além disso, o programa é exclusivo para o público feminino, incluindo tanto mulheres quanto trans. A expectativa é preparar 12 profissionais para atuar no mercado de tecnologia, focando na linguagem Python.
 
A iniciativa de criar um programa específico para o público feminino partiu da coordenadora do setor de RH da Loadsmart na capital catarinense, Julia Antipoff. “No time de engenharia de software da Loadsmart, as mulheres representam menos de 10%. Sabe o que isso significa? Atualmente temos apenas duas mulheres no time de engenharia, mas nenhuma trabalha no escritório de Florianópolis”. Ao tentar entender o motivo das mulheres não terem mais representatividade na empresa, Julia destaca duas razões: relocação para o exterior ou desistência durante o processo seletivo por se sentirem despreparadas. Foi então, que surgiu a ideia do AceleraDev Loadsmart Women Edition.
 
Esta não é a primeira vez que a empresa faz parceria com a Code:Nation, que busca suprir a demanda de profissionais especializados na área de tecnologia por meio da capacitação. Quando chegou a Florianópolis, a Loadsmart também recorreu à startup para recrutar seus funcionários. “Cerca de 80% dos funcionários e o CTO (Diretor-Chefe de Tecnologia ou Chief Technology Officer) da empresa, na sede de Florianópolis, foram selecionados com o auxílio da Code:Nation. “Eles foram uns dos primeiros clientes que atendemos quando começamos em 2017”, conta o CEO da Code:Nation, Eduardo Varela.
 
Leonardo Werk é desenvolvedor Back End na Loadsmart, em Florianópolis, e foi um dos participantes do primeiro programa de aceleração da Code:Nation. Ele ficou sabendo do programa através de uma divulgação enviada para o grupo de alunos do curso de graduação em Engenharia de Controle e Automação. “Nesse curso, programação é abordado como uma ferramenta, não há muito foco em computação e desenvolvimento de software. Então, quando eu estava chegando no final, sabia que gostaria de trabalhar com isso, mas não tinha muita noção de como começar e ter minhas primeiras experiências. Participar da aceleração me ajudou bastante nesse processo de conhecer a profissão e a indústria, assim como entender melhor os caminhos que minha carreira poderia traçar”, relembra ele.
 
Segundo Julia, o escritório brasileiro da Loadsmart em Florianópolis conta com 24 pessoas atualmente e a meta, conforme o plano de crescimento, é chegar a cerca de 60 funcionários até o fim de 2019. “A empresa começou 2018 com aproximadamente 30 pessoas globalmente e hoje já tem mais de 100 colaboradores em Nova Iorque, Florianópolis, Chicago, El Salvador e Filipinas”, diz. A empresa tem crescido rapidamente e, para isso, conta com parcerias estratégicas, como a Maersk, que liderou uma rodada de investimento de 21,6 milhões de dólares no final de 2018.
 
 
Curta nossa página no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here