Entenda a diferença entre Wireless, Wi-Fi, WiMAX e WLAN

244
0

Wireless

Wireless é uma palavra inglesa que significa “Sem Fio”, e é um termo utilizado para nos referirmos a qualquer rede de dados que não use cabos para comunicação entre os dispositivos, empregando em vez disso ondas eletromagnéticas.

Existem muitos exemplos de redes de comunicação wireless que utilizamos diariamente, como por exemplo:

  • Bluetooth
  • Wi-Fi
  • Rádio (AM / FM)
  • Satélite (como GPS)
  • LTE

WLAN

WLAN é uma sigla que significa “Wireless LAN“, ou Rede Local Sem Fio. Basicamente, uma rede WLAN se refere a uma rede local em uma residência, escritório ou outros locais onde seja necessária uma rede com pequena área de cobertura sem o emprego de cabeamento.

Quando você vai a um restaurante e pergunta sobre a rede sem fio, está perguntando se há uma WLAN disponível no local. Da mesma forma, ao conectar um smartphone ou notebook à rede sem fio dentro de sua casa ou escola, está acessando também uma WLAN.

Em suma, WLAN se refere a qualquer rede em âmbito local que permita a conexão de dispositivos sem usar cabos à outras redes.

Wi-Fi

Wi-Fi é uma sigla que significa “Wireless Fidelity“, e se trata de um tipo de rede wireless WLAN empregada na construção de redes locais para comunicação entre computadores e dispositivos portáteis, como tablets, notebooks e smartphones, entre outros, a redes como a Internet ou outras redes locais, cabeadas ou não.

O termo Wi-Fi, na verdade, é uma marca registrada da Wi-Fi Alliance, que restringe o uso da expressão Wi-Fi Certified somente a produtos que passaram em um teste de certificação de interoperabilidade.

Lembra-se de que falamos sobre as redes sem fio do restaurante ou da sua residência anteriormente? Essas redes são, na verdade, WLANs , ou seja, Wi-Fi.

É possível acessar uma rede sem fio que não seja uma WLAN? Sim, se houver um serviço de WMAN na região, como o WiMAX.

WiMAX

A sigla WiMAX significa “Worldwide Interoperability for Microwave Access” (“Interoperabilidade Mundial para Acesso de Micro-Ondas”), e é um padrão criado por um consórcio de empresas que especifica uma interface para redes de banda larga sem fio em escopo metropolitano (WMAN).

Uma das principais diferenças entre o padrão WiMAX (IEEE 802.16) e o Wi-FI (802.11) é o raio de alcance em que cada um pode ser usado. O padrão WiMAX foi projetado para ser usado em redes de área metropolitana sem fio (WMAN / Wireless MAN), podendo cobrir em torno de 50 km de área com sinal. Já o padrão Wi-Fi, como vimos anteriormente, é usado em ambientes privados ou áreas restritas, com alcance máximo de umas poucas centenas de metros, geralmente muito menos.

Em estações fixas a taxa de transferência do WiMAX pode chegar a até 1Gbit/s.

As principais aplicações do WiMAX são:

  • Fornecer conectividade móvel de banda larga entre cidades (ou até mesmo países limítrofes)
  • Servir como alternativa sem fio aos aserviços de cabo e DSL para acesso banda larga de última milha
  • Fornecer serviços de VoIP e IPTV em conjunto com dados (Triple Play)

entre outras.

Na prática, o WiMAX funciona de forma similar ao Wi-Fi, porém em uma área de cobertura muito maior, em velocidades superiores e atendendo a uma grande quantidade de usuários, atingindo locais onde redes cabeadas ainda não chegaram, como áreas rurais ou afastadas dos centros metropolitanos.

Curta nossa página no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here